Cozinhar é uma terapia que contribui para o bem-estar e o equilíbrio emocional. Cozinhar ouvindo as músicas preferidas, preparar a comida pensando nas pessoas que irão se alimentar, os elogios que irá receber, faz você distrair e se desligar dos seus problemas. Há quem diga que cozinhar é uma arte. Mas também pode ser um grande prazer. Cozinhar pode ser uma forma de descontrair, de relaxar, de se divertir. O cuidado e a atenção de quem cozinha são importantes. Para que haja esse cuidado e para que se possa alegrar a pessoa a quem se vai oferecer a comida, é preciso eliminar ou mudar o pensamento de que cozinhar é chato, de que é trabalhoso, etc. Mude o pensamento, lembre-se que além do próprio alimento, a pessoa vai absorver também o sentimento com que você fez a comida. Se você preparar o alimento com amor, surgirá nas pessoas o sentimento de fraternidade e de agradecimento por aquela comida. Experimente fazer com este intuito. Para aqueles que já apreciam o hábito de cozinhar, não o percam, e para os que não gostam, descubra o bem que pode fazer à você. Por isso é preciso repensar o quanto "ganhamos e perdemos" com nossas escolhas. Acredito que o equilíbrio, o meio termo é uma ótima opção. Não abandone a cozinha, faça do ato de cozinhar uma terapia nos momentos possíveis e ganhe mais saúde e o amor de seus familiares.

Seja Bem-Vindo!! Bom Apetite! Cadastre-se para seguir o blog..Em breve muitas surpresas .

sábado, 3 de maio de 2014

Sopa de ervilha com mortadela no pão italiano

Sopa de ervilha com mortadela no pão italiano


Ingredientes: . 500 g de ervilha em grão . 1 e ½ litro de água . 2 colheres (sopa) de óleo . 2 dentes de alho picados . 2 colheres (sopa) de cebolinha picada . 250 g de mortadela cortada em cubinhos . Sal a gosto Modo de preparo: Cozinhe a ervilha com a água durante 10 minutos ou até a ervilha ficar macia. Escorra e reserve a água do cozimento. Em outra panela, aqueça o óleo, refogue o alho, junte a ervilha cozida e deixe ferver por 5 minutos. Espere amornar e bata no liquidificador, juntamente com a água reservada. Volte à panela, acrescente os cubinhos de mortadela e verifique o sal. Sirva em um pão italiano sem o miolo e acrescente a cebolinha picada. Se preferir, sirva a sopa em pequenos pães italianos, em porções individuais.
http://mdemulher.abril.com.br/

Um comentário:

  1. Querida Ana
    Vim agora da rua e estava muito frio. Esta receita veio mesmo a calhar. Muito obrigada.Parece ser muito reconfortante e apetitosa.
    Beijinho
    Beatriz

    ResponderExcluir

Olá!! Adorei receber a sua visita!!!! Volte Sempre!!!