Cozinhar é uma terapia que contribui para o bem-estar e o equilíbrio emocional. Cozinhar ouvindo as músicas preferidas, preparar a comida pensando nas pessoas que irão se alimentar, os elogios que irá receber, faz você distrair e se desligar dos seus problemas. Há quem diga que cozinhar é uma arte. Mas também pode ser um grande prazer. Cozinhar pode ser uma forma de descontrair, de relaxar, de se divertir. O cuidado e a atenção de quem cozinha são importantes. Para que haja esse cuidado e para que se possa alegrar a pessoa a quem se vai oferecer a comida, é preciso eliminar ou mudar o pensamento de que cozinhar é chato, de que é trabalhoso, etc. Mude o pensamento, lembre-se que além do próprio alimento, a pessoa vai absorver também o sentimento com que você fez a comida. Se você preparar o alimento com amor, surgirá nas pessoas o sentimento de fraternidade e de agradecimento por aquela comida. Experimente fazer com este intuito. Para aqueles que já apreciam o hábito de cozinhar, não o percam, e para os que não gostam, descubra o bem que pode fazer à você. Por isso é preciso repensar o quanto "ganhamos e perdemos" com nossas escolhas. Acredito que o equilíbrio, o meio termo é uma ótima opção. Não abandone a cozinha, faça do ato de cozinhar uma terapia nos momentos possíveis e ganhe mais saúde e o amor de seus familiares.

Seja Bem-Vindo!! Bom Apetite! Cadastre-se para seguir o blog..Em breve muitas surpresas .

quinta-feira, 15 de maio de 2014

Massa prática de pastel




INGREDIENTES 1 lata de creme de leite com soro (300 g) 2 ¼ xícaras (chá) de farinha de trigo (320 g) sal a gosto recheio a gosto
 MODO DE PREPARO 1 - Numa tigela, coloque o creme de leite com soro, a farinha de trigo, sal a gosto e misture bem até formar uma massa homogênea. Coloque a massa numa superfície lisa e enfarinhada e amasse bem com as mãos. Enrole num filme plástico e leve para gelar por 30 minutos. 2 - Transfira a massa (feita acima) para uma superfície lisa e enfarinhada. Com um rolo, abra a massa bem fina e corte discos (7 cm de diâmetro). Coloque uma porção de recheio sobre cada disco de massa, dobre ao meio em meia lua e feche apertando as bordas com um garfo. Frite os pastéis em óleo quente até dourar. Retire e escorra em papel absorvente. Sirva em seguida. RENDIMENTO 30 porções

http://anamariabraga.globo.com/

2 comentários:

  1. Querida Ana
    Esta massa deve ser muito boa!
    Será que posso usar recheio doce ou é só salgado?!
    Assim,com a mesma receita resolvia dois problemas!
    Obrigada.
    Um beijinho
    Beatriz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Beatriz, o recheio pode ser doce.. Por sinal fica muito bom...
      Obrigada pelo carinho.
      Bjos
      Ana Dias

      Excluir

Olá!! Adorei receber a sua visita!!!! Volte Sempre!!!