Cozinhar é uma terapia que contribui para o bem-estar e o equilíbrio emocional. Cozinhar ouvindo as músicas preferidas, preparar a comida pensando nas pessoas que irão se alimentar, os elogios que irá receber, faz você distrair e se desligar dos seus problemas. Há quem diga que cozinhar é uma arte. Mas também pode ser um grande prazer. Cozinhar pode ser uma forma de descontrair, de relaxar, de se divertir. O cuidado e a atenção de quem cozinha são importantes. Para que haja esse cuidado e para que se possa alegrar a pessoa a quem se vai oferecer a comida, é preciso eliminar ou mudar o pensamento de que cozinhar é chato, de que é trabalhoso, etc. Mude o pensamento, lembre-se que além do próprio alimento, a pessoa vai absorver também o sentimento com que você fez a comida. Se você preparar o alimento com amor, surgirá nas pessoas o sentimento de fraternidade e de agradecimento por aquela comida. Experimente fazer com este intuito. Para aqueles que já apreciam o hábito de cozinhar, não o percam, e para os que não gostam, descubra o bem que pode fazer à você. Por isso é preciso repensar o quanto "ganhamos e perdemos" com nossas escolhas. Acredito que o equilíbrio, o meio termo é uma ótima opção. Não abandone a cozinha, faça do ato de cozinhar uma terapia nos momentos possíveis e ganhe mais saúde e o amor de seus familiares.

Seja Bem-Vindo!! Bom Apetite! Cadastre-se para seguir o blog..Em breve muitas surpresas .

quinta-feira, 15 de maio de 2014

CALDINHO DE FEIJÃO PRETO DO RIO DE JANEIRO



INGREDIENTES 1/2 kg de feijão preto 150 g de paio cortado em rodelas 150 g de bacon picado 6 dentes de alho picados 1 cebola picada 2 colheres (sopa) de cebola picadinha 1/2 xícara (chá) de óleo Sal e pimenta do reino 4 xícaras (chá) de torresmos fritos 4 pãezinhos cortados em fatias

 MODO DE PREPARO Em uma panela de pressão, coloque o feijão preto e 2 litros de água. Feche a panela e deixe cozinhando por 30 minutos após pegar pressão. Nesta hora, abra a panela e verifique se o feijão está cozido. Numa outra panela, doure o paio cortado em rodelas com o bacon picado. Adicione os alhos picados e a cebola picada e doure também. Incorpore no feijão e deixe cozinhando por 20 minutos para pegar gosto. Tempere com sal e pimenta do reino. Retire as rodelas de paio e transfira o feijão com o caldo para um liquidificador. Bata bem. Passe o líquido por uma peneira. Sirva o caldinho bem quente em canecas, acrescentando para cada porção algumas rodelas de paio, torresmos fritos e fatias de pão francês.

http://anamariabraga.globo.com/

Um comentário:

  1. Querida Ana
    Que bela refeição para um dia de Domingo!
    Obrigada por partilhar.
    Um beijinho
    Beatriz

    ResponderExcluir

Olá!! Adorei receber a sua visita!!!! Volte Sempre!!!