Cozinhar é uma terapia que contribui para o bem-estar e o equilíbrio emocional. Cozinhar ouvindo as músicas preferidas, preparar a comida pensando nas pessoas que irão se alimentar, os elogios que irá receber, faz você distrair e se desligar dos seus problemas. Há quem diga que cozinhar é uma arte. Mas também pode ser um grande prazer. Cozinhar pode ser uma forma de descontrair, de relaxar, de se divertir. O cuidado e a atenção de quem cozinha são importantes. Para que haja esse cuidado e para que se possa alegrar a pessoa a quem se vai oferecer a comida, é preciso eliminar ou mudar o pensamento de que cozinhar é chato, de que é trabalhoso, etc. Mude o pensamento, lembre-se que além do próprio alimento, a pessoa vai absorver também o sentimento com que você fez a comida. Se você preparar o alimento com amor, surgirá nas pessoas o sentimento de fraternidade e de agradecimento por aquela comida. Experimente fazer com este intuito. Para aqueles que já apreciam o hábito de cozinhar, não o percam, e para os que não gostam, descubra o bem que pode fazer à você. Por isso é preciso repensar o quanto "ganhamos e perdemos" com nossas escolhas. Acredito que o equilíbrio, o meio termo é uma ótima opção. Não abandone a cozinha, faça do ato de cozinhar uma terapia nos momentos possíveis e ganhe mais saúde e o amor de seus familiares.

Seja Bem-Vindo!! Bom Apetite! Cadastre-se para seguir o blog..Em breve muitas surpresas .

quarta-feira, 11 de abril de 2012

Feijoada CARIOCA

 
 
 
1 kg de feijão preto
250 g de carne seca
1 rabo de porco salgado
1 orelha de porco salgado salgada
2 pés de porco salgado
250 g de lombo de porco salgado
4 folhas de louro
200 g de toucinho defumado picado em pedaços pequenos
1 língua de porco defumada e picada
250 g de lombo de porco defumado e picado
500 g de costela de porco defumada e picada
2 paios em rodelas
250 g de linguiça de porco fresca picada
250 g de linguiça magra apimentada fina picada
½ xícara (chá) de azeite de oliva
2 cabeças de alho em tiras finas.

Preparo:
Lave o feijão, coloque em uma tigela com 3 litros de água e deixe de molho de véspera.

Lave as carnes salgadas, pique-as, coloque-as em uma tigela grande, cubra com água e deixe de molho de um dia para outro, trocando de água várias vezes.

Coloque em uma panela grande feijão (inclusive a água que ficou de molho), louro, toucinho, carne seca, língua leve ao fogo e assim que levantar fervura, tampe a panela e deixe cozinhar por 1 hora.

Em seguida, junte rabo, orelha, pé de porco, lombo salgado, costelas, cozinhe mais 1 hora, adicione água de modo a cobrir os ingredientes.

Acrescente as linguiças e cozinhe até as carnes e o feijão ficarem cozidos, o caldo deve estar grosso.

À parte, aqueça azeite em uma panela, frite as fatias de alho até dourarem, retire, despeje sobre a feijoada e misture.

Retire duas conchas de feijão e caldo, amasse bem, volte para a panela e misture.

Sirva a feijoada com arroz branco, couve à mineira, farofa de ovos, fatias de laranja e molho de pimenta.
Bom apetiteeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee!!!!
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá!! Adorei receber a sua visita!!!! Volte Sempre!!!