Cozinhar é uma terapia que contribui para o bem-estar e o equilíbrio emocional. Cozinhar ouvindo as músicas preferidas, preparar a comida pensando nas pessoas que irão se alimentar, os elogios que irá receber, faz você distrair e se desligar dos seus problemas. Há quem diga que cozinhar é uma arte. Mas também pode ser um grande prazer. Cozinhar pode ser uma forma de descontrair, de relaxar, de se divertir. O cuidado e a atenção de quem cozinha são importantes. Para que haja esse cuidado e para que se possa alegrar a pessoa a quem se vai oferecer a comida, é preciso eliminar ou mudar o pensamento de que cozinhar é chato, de que é trabalhoso, etc. Mude o pensamento, lembre-se que além do próprio alimento, a pessoa vai absorver também o sentimento com que você fez a comida. Se você preparar o alimento com amor, surgirá nas pessoas o sentimento de fraternidade e de agradecimento por aquela comida. Experimente fazer com este intuito. Para aqueles que já apreciam o hábito de cozinhar, não o percam, e para os que não gostam, descubra o bem que pode fazer à você. Por isso é preciso repensar o quanto "ganhamos e perdemos" com nossas escolhas. Acredito que o equilíbrio, o meio termo é uma ótima opção. Não abandone a cozinha, faça do ato de cozinhar uma terapia nos momentos possíveis e ganhe mais saúde e o amor de seus familiares.

Seja Bem-Vindo!! Bom Apetite! Cadastre-se para seguir o blog..Em breve muitas surpresas .

quarta-feira, 4 de abril de 2012

Doce de abóbora com coco


Para mim esse é o mais brasileiro dos doces!
Esse doce é normalmente muito barato, rende bastante e super versátil para ser acompanhado desde um sorvete, por exemplo, a um queijo minas .
Enverede por esse caminho e espere os aplausos de sua sobremesa!

Ingredientes:
• 1,5kg  abóbora madura média;
• 01kg de açúcar cristal;
• 03 xícaras de chá de água;
• Pau de canela e cravo à gosta.
• 2 xícaras (chá) de coco ralado seco ou natural.

Modo de fazer:
• Descasque a abóbora, corte-a em pedaços pequenos e reserve;
• Junte à água, o açúcar, a canela e o cravo e leve ao fogo para fazer uma calda rala, transparente;
• Quando a calda estiver no ponto, coloque os cubinhos de jerimum e o coco ralado;
• Deixe os cubinhos amaciarem, porém sem desmanchar, apague o fogo e deixe esfriar na própria calda;
• Sirva gelado, puro ou acompanhado de um queijo .

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá!! Adorei receber a sua visita!!!! Volte Sempre!!!